segunda-feira, 30 de julho de 2012

Especialista em bem-casados




Kilza Mathias Souza (Formada em Turismo e Hotelaria).

Minha história: Minha história com os doces não aconteceu por acaso, tudo começou aos 06 anos de idade quando minha irmã mais velha fazia aquela conhecida pergunta:

_ O que você vai ser quando crescer?

Eu de imediato respondia:

_ Cozinheiraaaaa!

Todos achavam graça.

Mas a verdade é que ser “cozinheira” já estava no sangue, meu avô Manoel Mathias quando veio de Portugal para o Brasil se estabeleceu em Santos/SP, no ramo de padaria e confeitaria.

Durante as minhas férias, na casa do meu avô (já em MS), eu brincava com minhas primas e adorava fazer brigadeiros de massinha era minha especialidade e ficavam tão perfeitos que um dia meu avô comeu um achando que era de verdade! Foi um Deus nos acuda, mas ele acabou comendo e ainda disse que estava muito bom rs.

Depois disso, passado o susto, e algum tempo depois, meu avô presenteou minha mãe com um diário de bolso do meu bisavô do ano de 1901. Não é um diário como os que escrevemos hoje, ali constava além do dia-dia dele, as contas, nomes dos filhos com a data de nascimento de cada um, a saída dele de Portugal, a sua chegada ao Brasil; e elogios, muitos elogios a um determinado doce que minha bisavó fazia: o tal casadinho!  E para minha surpresa, a receita dos bem casados estava ali, datada no ano de 1913.

O tempo passou e eu estudava em uma escola só para meninas onde tínhamos aulas de culinária, lá fiz minha primeira receita de bem casados. Dentro de casa não embalávamos os bem casados como são embalados para eventos ou para presente, era fazer, comer e pronto. Como sempre trabalhei com artesanato não foi difícil aprender embalar, fiz um curso e hoje junto com uma artista plástica aperfeiçoamos as embalagens e os laços.

Pronto! Depois disso eu estava pronta para deixar de atuar como Turismóloga e me atirar ao mercado de trabalho com doces e artesanato, foi então que surgiu a Eu Amo Doces – Boutique de Doces (www.euamodoces.com.br) e hoje posso oferecer às pessoas os tão famosos casadinhos de textura suave e macia da “bisa”. Chegamos a fornecer bem casados para dentro e fora do Estado do MS, e também para fora do País, temos clientes fiéis em São Paulo, Belo Horizonte, Foz do Iguaçu, Vitória e até na Suíça.

Não parei mais e continuei me aperfeiçoando em cursos para outros doces (pão-de-mel, bolo decorado, chocolate e criações próprias) em Campo Grande, e outros Estados desse Brasil todo.


Quem Somos

A ideia nasceu de montar algo relacionado com artesanato e doces.

Produzindo a moda antiga a Eu Amo Doces, prepara doces artesanais feitos um a um, desde a preparação com ingredientes selecionados até a decoração final.

Além dos famosos bem-casados, temos uma linha tradicional de doces de sabores diversos e de criação própria.

Desenvolvemos com amor e carinho doces em embalagens personalizadas como lembranças  para festas, reuniões, congressos e eventos em geral.

Garantimos qualidade, originalidade e satisfação a todos que degustam nossas delícias!
   
Qualquer que seja sua expectativa, você vai se surpreender com tanto sabor.

Visite também o nosso site: www.euamodoces.com.br